domingo, 1 de maio de 2011

Novo "Velozes e Furiosos" recebe boa classificação no Rotten Tomatoes

Foi-se o tempo das trilogias. Filmes agora se tornaram seriados e títulos que dão lucros são lançados ano após ano. "Velozes e Furiosos" é um típico exemplo disso. O filme seminal foi lançado em 2001 com uma história rasa que mostrava carros barulhentos (e bonitos), mulheres atraentes e a boa adrenalina das ruas.

Vários filmes depois, a história deve ser a mesma nessa parte 5 que estreia no Brasil no próximo final de semana. Pelo menos o trailler não trouxe grandes surpresas, além de algumas cenas filmadas no Rio de Janeiro. A parte 3 da franquia "Velozes", aliás, foi filmadas em Tókio. Um viés turístico que, a partir da esperteza dos produtores, poderá correr o mundo como as provas de Fórmula 1.

Pois bem, só por curiosidade, procuramos no Rotten Tomatoes o resultado da avaliação crítica dos cinco "Velozes e Furiosos". O quinto estreou bem no mercado norte-americano abocanhando 33 milhões de dólares somente na sexta-feira. Com os resultados do sábado e domingo o filme deverá arrecadar uma boa quantia em dinheiro.

E, para surpresa geral, "Fast Five" obteve, até agora, o melhor desempenho crítico de toda a série com 79% de aprovação. Os demais patinaram entre a mediocridade e o regular.

Vejam só: Velozes e Furiosos (2001): 52%; Velozes e Furiosos 2 (2003): 36%; Velozes e Furiosos 3 (2006): 35%; Velozes e Furiosos 4 (2009): 27%; e Velozes e Furiosos 5 (2011): 79%.

Por esses índices, a série estava em plena decadência com o filme posterior sendo pior que o anterior. O bom resultado do quinto "Velozes" no Rotten Tomatoes, portanto, surpreende. Mas, claro, só conferindo para tirar a prova!

Um comentário:

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Realmente não é o meu estilo de filme.
Ação e adrenalina? ainda fico com Steve McQueen.

Abraço bom,

O Falcão Maltês