terça-feira, 5 de abril de 2011

Parceria com Will Smith pode dar novo fôlego à carreira de Shyamalan

O diretor indiano M.Night Shyamalan não vem bem das pernas desde A Dama na Água (2006). Os filmes seguintes Fim dos Tempos (2008) e O Último Mestre do Ar (2010) também decepcionaram. Bilheterias ruins. Críticas catastróficas.

Além da natural ruindade dos filmes mencionados, o maestro de O Sexto Sentido vem acumulando rusgas com a crítica especializada, que inicialmente o endeusou e agora joga pedras sobre qualquer produto que tenha a sua assinatura.

A verdade é que M. Night Shyamalan é um bom diretor. Seus filmes, independente das histórias, são assistíveis. O problema maior vem dos roteiros ruins. O ego do cineasta parece ter inflado depois de um começo atraente.

O anúncio de uma parceria com Will Smith, para o seu próximo filme, pode dar fôlego novo à carreira do diretor.Smith é um astro rentável que, de forma planejada, está conduzindo a carreira dos filhos. Jaden Smith, por exemplo, já engatou bem o retorno da franquia Karatê Kid, e também deve participar desse novo longa-metragem de Shyamalan.

De acordo com as informações divulgadas na imprensa, trata-se de um aventura futurista. A espaçonave de Will e Jadem se chocam com a terra, um planeta completamente inerte e vazio. Smith e sua esposa, Jada Pinkett Smith, ao lado de Shyamalan são produtores do filme. A ideia parece estar bem pavimentada para dar certo. Vamos aguardar...

Um comentário:

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Shyamalan se perdeu. Uma pena. Começou tão bem. O seu último filme bacana foi "Sinais".

www.ofalcaomaltes.blogspot.com