quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Crítica: Ender´s Game - O Jogo do Exterminador

Esta adaptação do livro de Orson Scott Card traz uma trama futurista onde a humanidade enfrentou, e venceu, uma invasão Alien (os "Formics"), com o sacrifício de um de seus comandantes. Após o evento é formada uma Armada Internacional para treinar jovens super dotados no intuito de comandar a frente contra a ameaça, que ainda é bem presente.

A sinopse de Ender´s Game - O Jogo do Exterminador (2013), do diretor Gavin Hood, mostra o treinamento desses jovens e a esperança dos militares naquele que seria "o escolhido", no caso o adolescente Andrew Ender Wiggin (Asa Butterfield, de A Invenção de Hugo Cabret). Desde cedo, ele vinha sendo monitorado pela sua capacidade estratégica e de driblar situações difíceis, até ser chamado para integrar a Escola de Batalha.

A ideologia belicista é bastante presente na trama.O Coronel Graff (Harrison Ford) chega a defender a guerra como prevenção contra mais guerra. O espírito de competitividade é estimulado a todo momento. Colegas são classificados como concorrentes e Ender superar todos os testes que lhe são impostos, inclusive um "jogo mental", considerado extremamente complicado.

Ao conquistar o comando do Exército Dragão, de excêntricos e deslocados, Ender é confrontando pelo comandante Bonzo (Moises Arias). Ele revida e o derruba, deixando-o em coma. A ação o leva a questionar se ele queria mesmo participar de tudo aquilo. Todavia, ele é convencido pela irmã (Abigail Breslin) a voltar para a Armada. Com treinamentos cada vez mais rígidos, chega, enfim, o "Dia da Graduação", onde um fator inusitado dá um novo sentido à história.

E é isso que faz Ender´s Game - O Jogo do Exterminador se tornar um bom filme: a inversão de expectativas e a própria crítica a tudo o que estávamos vendo. Se o teor militarista incomodava, a trama sob uma nova perspectiva se torna estimulante e ainda deixa um gancho para prováveis sequências, já escritas pelo autor.

Avaliação: 

3 comentários:

Ale disse...

O filme Ender's game é considerada uma das maiores sagas de ficção científica e me fascina

Elizabeth Resendiz disse...

Não pensei este filme eu gosto tanto . Na verdade , o jogo de Ender me deixa muitas lições .

Valeria L. disse...

Obrigado por escrever a resenha. Como todas as histórias existem pontos bons e maus, mas definitivamente, mas eu gosto especialmente a série, agora estou vendo The night of, é uma boa série (aqui mais detalhes da história: http://www.hbomax.tv/the-night-of/), com um roteiro sólido, uma magnifica interpretação.